Política representativa – você sempre foi enganado (a)

É na época de eleições que, como sempre, entra em cartaz a mais bem e elaborada peça teatral com o objetivo de prender a atenção e influenciar seu público de participantes, você, o eleitor.

Há debates televisivos, propostas e promessas mentirosas, falsas oposições, a maioria dos partidos fazendo coligações ou alianças e seus líderes selando seus acordos com apertos de mão e abraços, aberta ou secretamente.

A mídia divulga frases como “você tem que escolher o menos pior”, “escolha bem para os próximos 4 anos”, “não anule senão você está jogando o seu voto no lixo” e outras do gênero.

Com tanto bombardeio manipulador, até você, que é um eleitor mais consciente, é finalmente convencido que o fulano de tal é o político honesto da vez.

Resultado da eleição, seu candidato venceu. Ele nem bem assumiu seu cargo e já anuncia outros candidatos, que eram seus oponentes nessa mesma eleição, a ocupar cargos importantes para te governar. Bem aqueles candidatos que você não queria no governo, um dos motivos porque escolheu votar no fulano, seu concorrente.

E no fim, você, eleitor mais esperto concluiu que só perdeu tempo deixando-se levar por essa euforia que prometia, mais uma vez, um “político honesto” que não há como haver, simplesmente por dois fortes motivos:

  • Cada brasileiro paga mais de 40% de tributos. Grande parte desse dinheiro é desviada, pelos políticos, para: pagar a mídia geral para disseminar conteúdo irrelevante ou parcial para alienar, e propagandas a favor de seu governo; obras superfaturadas em que apadrinhados desse governo “ganham” licitações e saem com lucros exorbitantes; aumento de seus próprios salários; benefícios extras como 13ºs 14ºs e 15ºs salários, auxílios moradia, vestuário, alimentação, transporte, viagem e sabe lá mais o quê.
  • A maioria dos políticos é comprada, com enormes quantidades de dinheiro, por grandes corporações e bancos para aprovarem leis e privatizações que os favoreçam.

politicosOu seja, o político representa somente a si mesmo e as grandes corporações e bancos. E, você, com seu voto, tornou-se cúmplice disso. Políticos jamais representam ou representarão o povo. Se um político for honesto, ou desiste ou é assassinado pela máfia do poder. Manter-se inerte é tornar-se cúmplice. Tem sido assim sempre, antes e principalmente depois do surgimento da política representativa.

O objetivo democrático que todos esperam dos políticos é representação, é procurar, criar e propor soluções para os problemas do povo e não perpetuá-los.

Serviços de energia, água, comunicação, alimentação, moradia e transporte deveriam tender, com o passar do tempo, ao custo zero para cada contribuinte. Porém os políticos desviam quase todo o nosso dinheiro com a corrupção e alegando falta de verbas, privatizam esses serviços.

Solução: Ignorar esse sistema atual para ir se destruindo ao poucos. Participar mais criando e apoiando iniciativas populares. Para saber mais leia “Greve de Eleitores” e “Política participativa – cada vez mais perto da verdadeira democracia”.

“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.””- Martin Luther King

Anúncios

Voto Nulo

“Se voto mudasse algo certamente seria proibido!”

Voto obrigatório é ditadura e não democracia. Se você não vota, sofre retaliações, como multa de R$ 3,50 por cada pleito, que se não for paga, você não pode fazer seu passaporte, inscrever-se em concursos públicos, receber salários de função ou emprego público. Para saber mais, leia TSE – Eleitor Faltoso.

Abstenção, justificativa ou voto NULO são as melhores opções que temos agora, apesar de haver fraudes nas urnas eletrônicas:

Abstenção, justificativa ou voto NULO é não querer fazer parte de um sistema político que vem desde a época da Grécia e Roma antigas e que nunca deu e nunca dará certo para o povo!

Está mais que comprovado que não dá certo!

Temos que acabar com essa POLÍTICA REPRESENTATIVA, pois os políticos não nos repre$entam. Os projetos de leis são feitos indiretamente por grandes corporações e bancos que pagam grandes quantidades de dinheiro para a maioria dos políticos aprovarem. Por isso não adianta ficar trocando os políticos, pois no mundo do poder e do dinheiro, pessoas podem ser compradas ou assassinadas.

Solução: POLÍTICA PARTICIPATIVA

Como em um condomínio, somente os interessados criam, analisam e votam abertamente em projetos pela internet.

Um exemplo de sucesso é o “Ficha Limpa”, conseguido por iniciativa popular.

Existem outras iniciativas esperando pela sua participação, é só entrar e assinar, caso concorde:

Você mesmo pode criar sua própria campanha e angariar assinaturas.

Portanto, não voto. Se tiver que votar, anulo.

Essa é a minha atitude contra esse velho e ultrapassado sistema injusto!

Não consigo entender como têm pessoas que ainda acreditam nesse sistema, mesmo se arrependendo toda vez que vota! São verdadeiros fantoches do sistema OU estão envolvidos diretamente nessa politicagem, tirando vantagem de alguma forma em cima do povo!

Zeitgeist – Moving Forward

Zeitgeist-Moving-Forward“Zeitgeist – Moving Forward” é um documentário indicado a todas as pessoas, sem exceção, já que diz respeito a um possível e grande salto evolutivo da humanidade por meio de uma nova consciência mundial. Quando a maioria das pessoas entender o que está acontecendo e como o mundo pode melhorar, então a humanidade simplesmente mudará.

Nosso sistema financeiro atual foi construído com base no dinheiro, pois na época de sua criação havia escassez de recursos. Atualmente esse modelo monetário evidencia injustiças sociais e brutalidades em todas as suas formas, pois as pessoas estão valorizando mais as coisas do que as próprias pessoas.

A proposta apresentada por “Zeitgeist – Moving Forward” é solucionar mais de 90% dos problemas do mundo, introduzindo um modelo dinâmico e sustentável, denominado “Economia Baseada em Recursos”. Para tanto, especialistas nas áreas da saúde pública, antropologia, neurobiologia, economia, energia, tecnologia, ciências sociais e outros falam sobre o comportamento humano, economia monetário e ciência e tecnologia na prática.

Assista pelo Youtube DUBLADO:

Assista pelo Youtube LEGENDADO:

Baixe via torrent, em DVD e legendado:
Zeitgeist – Moving Forward

“Se os grandes cientistas e inventores da nossa história acreditassem que suas ideias fossem utopia, ainda estaríamos vivendo em árvores.”

Zeitgeist – Addendum

Zeitgeist-AddendumZeitgeist – Addendum” é um documentário indicado a todas as pessoas por explicar detalhadamente o sistema global, que rege nossas vidas no dia-a-dia.

Entenda, de maneira simples, o funcionamento do sistema monetário, com seus lastros, empréstimos, juros, corrupção e sua relação com grandes grupos econômicos e governos.

O documentário também propõe algumas soluções para o desenvolvimento humano, como a conscientização, por meio da informação, e o projeto Vênus, uma cidade verdadeiramente autossustentável.

Assista pelo Youtube:

Baixe via torrent, em DVD e legendado:
Zeitgeist – Addendum

“Se os grandes cientistas e inventores da nossa história acreditassem que suas ideias fossem utopia, ainda estaríamos vivendo em árvores.”

A Servidão Moderna

A-Servidão-ModernaA Servidão Moderna” é um documentário indicado à todas as pessoas, sem exceção, para que possam acordar desse pesadelo coletivo e consigam, com a união, reaver a liberdade natural da espécie.

A servidão moderna é uma escravidão voluntária, consentida pela multidão de escravos que se arrastam pela face da terra. Eles mesmos compram as mercadorias que os escravizam cada vez mais. Eles mesmos procuram um trabalho cada vez mais alienante que lhes é dado, se demonstram estar suficientemente domados. Eles mesmos escolhem os mestres a quem deverão servir. Para que esta tragédia absurda possa ter lugar, foi necessário tirar desta classe a consciência de sua exploração e de sua alienação. Aí está a estranha modernidade da nossa época. Contrariamente aos escravos da antiguidade, aos servos da Idade média e aos operários das primeiras revoluções industriais, estamos hoje em dia frente a uma classe totalmente escravizada, só que não sabe, ou melhor, não quer saber. Eles ignoram o que deveria ser a única e legítima reação dos explorados. Aceitam sem discutir a vida lamentável que se planejou para eles. A renúncia e a resignação são as fontes de sua desgraça.

Assista pelo Youtube DUBLADO:

Baixe original e legendado:
http://www.delaservitudemoderne.org/video-po.html

Baixe o livro em português e em PDF:
http://www.delaservitudemoderne.org/texto-po.html